Conecte-se conosco

Geral

PREFEITURA DE MALLET VAI OFERECER CURSOS PROFISSIONALIZANTES

Publicado

em


Nesta quarta-feira (17), o prefeito Moacir Szinvelski, juntamente com os representantes do Sistema FIEP (Federação das Indústrias do Estado do Paraná), Rafael Ruteski e Agnes Cristo, estiveram reunidos nas dependências do Palácio 21 de Setembro, para discutir assuntos sobre as formalizações da prestação de serviços de capacitação profissional para a nossa população.
Esta reunião contou com a presença de representantes da empresa Sepac, que ouviram e sugestionaram a possibilidade da vinda de cursos que possam ser voltadas para área industrial do município.
Na apresentação dos cursos disponíveis, Rafael explicou que as aulas acontecem em Unidades Móveis de Qualificação Profissional, carretas e contêineres adaptados pelo SENAI, que funcionam como salas de aulas teóricas e práticas, com até 20 alunos cada uma, podendo a demanda aumentar, ampliando para mais turnos, conforme o interesse dos alunos.
De acordo com Valéria Borges, Coordenadora de RH da Sepac, a empresa é uma grande interessada na mão de obra qualificada, tanto para o gênero masculino como para o feminino, garantindo assim a possibilidade de crescimento profissional junto à empresa e no melhorando financeiro junto a qualidade de vida. “Nós como geradores de empregos, necessitamos de pessoas capacitadas, mas notamos que a necessidade de trazer especialização para outras áreas de serviços como panificação, corte costura, mecânica e outros cursos diversificados, possibilitando a população uma maior oferta de trabalho”, comentou Valéria.
O secretário de Indústria e Comércio Jossoel Nicolaico, frisou da grande importância de realizar essa parceria com o Sistema FIEP, onde irá aumentar as chances de emprego ou de renda própria para os interessados.
Para o prefeito Moacir Szinvelski, a importância de capacitar nossos jovens e pessoas interessadas é uma das grandes importâncias para o crescimento do município. “A necessidade de mão de obra qualificada e especializada é grande e temos que ofertar mais cursos para a nossa população, pois é a única maneira de ajudarmos tanto no crescimento de nossas indústrias, bem como melhorar as condições financeiras de nossas famílias malletenses”, destacou Szinvelski em suas palavras.
Estiveram também participando dessa reunião o vice-prefeito de Mallet, Francisco José Makoski e a Secretária da Família e Desenvolvimento Social, Eulália Sobanski Horn, bem como demais convidados.
Na apresentação dos diversos cursos ofertados, o interesse da Secretaria de Industria e Comércio, foi buscar atender além da necessidade geradora de empregos do nosso município, pois com a capacitação e aprendizagem vai possibilitar os interessados, a serem donos do seu próprio negócio, vindo até gerar emprego à nossa cidade.
Os cursos que estão sendo estudados e serão apreciados pela nossa população são os seguintes:
-Mecânica automotiva avançada;

  • Confecção – Corte e Costura;
  • Soldagem;
  • Manutenção Mecânica Industrial.
    Fique atendo para os próximos dias e opine qual a sua preferência em crescer profissionalmente.
    A sua participação é muito importante para a vinda desses cursos.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Aluna de colégio de Paula Freitas conquista medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Publicado

em

O Colégio Estadual Marina Marés de Souza da cidade de Paula Freitas está em festa. Isso porque a aluna Brenda Camille Wollinger foi destaque na 24ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e conquistou a medalha de prata.

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica é promovida pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e pela Agência Espacial Brasileira (AEB). Ao todo, foram 187 medalhas conquistadas no Paraná, sendo 79 de ouro, 79 de prata e 29 de bronze. No estado, somente 38 dos 399 municípios tiveram alunos contemplados, sendo estes alunos de 54 das 2.100 escolas estaduais paranaense.

Mas s conquista da adolescente de 15 anos é ainda de maior se considerado os municípios da Amsulpar. Brenda é aluna do 1°Ano do Ensino Médio e foi a única da região a receber medalha. Grandes conquistas, por sinal, já são rotina para a adolescente que ainda em 2020 conquista uma vaga no programa de intercâmbio “Ganhando o Mundo” da Secretaria de Estado da Educação do Paraná (SEED), que premiou os 100 melhores alunos do estado.

O intercambio deve acontecer no 2º semestre de 2023 no Canadá.Para comemorar a medalha recebida na Olimpíada, o diretor do Colégio, Moizes Budin convidou o Chefe do Núcleo Regional de Educação, Carlos Alberto Polsin e a Secretária Municipal de educação, Rosane Cleide Ressel para participar de uma solenidade. “Direção, Professores, Funcionários, Alunos e Comunidade do Colégio Estadual Marina Marés de Souza ficaram muito honrados pela presença das autoridades e por mais essa conquista da Brenda, que reforça a tradição dessa instituição de ensino que ao longo de seus mais de 70 anos de existência contribuí na formação de bons alunos e bons cidadãos, que pelos seus méritos e esforços, apoio da família, formação pedagógica e intelectual, assim como a Brenda, ganharam o mundo”, destacou o diretor.

Continue Lendo

Local

Prefeitura de Mallet com apoio de Professores, iniciam as Decorações de Natal

Publicado

em

Na tarde dessa quinta – feira, 25 de Novembro, a Prefeitura Municipal de Mallet com o apoio de professores das escolas do municpio iniciaram as decorações de Natal.

A estrutura da casa do Papai Noel também começou a ser montada. Confira algumas fotos do inicio dos trabalhos realizado.

Continue Lendo

Local

Programa de educação do Sicredi ajuda a transformar realidades também em Mallet

Publicado

em

Programa A União Faz a Vida (PUFV) propõe um modelo de educação ativo e integral para
crianças e adolescentes, além de conectar alunos, escolas e comunidades.

Oferecer uma forma diferente de aprender, baseada nos conceitos de colaboração e
cidadania. Com essa motivação, a Sicredi Centro Sul PR/SC/RJ realiza o Programa A União
Faz a Vida (PUFV) em 7 municípios da área de atuação. A iniciativa atua na educação
integral de crianças e adolescentes, ajudando a despertar a essência do cooperativismo e
contribuindo para formar uma sociedade mais colaborativa, ética e empreendedora.

O sucesso do projeto está aliado ao engajamento de vários atores, como educadores,
alunos e gestores das escolas envolvidas. Em sala de aula, tudo começa com uma
pergunta formulada pelos alunos com auxílio dos professores. Com as questões em mente,
os alunos saem da sala de aula para realizar a expedição investigativa. É a oportunidade de
observar, conhecer a comunidade, interagir e promover a troca de experiências. Com esse
método exploratório são desenvolvidos projetos integrados com as disciplinas escolares,
despertando nos estudantes um olhar colaborativo para a realidade.

A Escola Municipal Romão Paul, em Mallet, no interior do Paraná, é um exemplo de como o
PUFV tem contribuído para a aprendizagem dos alunos. A partir do projeto e de uma
pergunta sobre como funciona o processo de fruticultura na região, foi desenvolvido o
Fruticultura Malletense, uma “expedição investigativa” em uma propriedade rural que cultiva
o kiwi. Uma aprendizagem ativa que integrou alunos, professores e a comunidade com
observação sobre o cultivo e a colheita de uma das principais frutas produzidas na região.
“Por meio do programa foi possível aprimorar a metodologia, de forma a aproximar o aluno
ao objeto de aprendizagem. Além de inúmeros cursos e capacitações oferecidos pelo
programa, as oportunidades de visibilidade do trabalho pedagógico foram bastante
ampliadas”,
afirma a professora Roziane Belinski.

A assessora de Desenvolvimento do Cooperativismo da Sicredi Centro Sul PR/SC/RJ,
Maria Gisele Pontarollo, também destaca a importância da parceria da cooperativa com as
comunidades e as escolas para construir uma sociedade mais próspera. “Poder
acompanhar de perto, estar junto e andar lado a lado, nos confirma que na sociedade
precisamos um do outro para vivermos e aprendermos todos dias e nesse programa
contamos muito com o protagonismo dos participantes e apoio da rede de compromisso e
do voluntariado de pessoas que compartilham seus saberes e experiências, enfim, é um
trabalho feito a muitas mãos”
, comenta.

Além da escola em Mallet, o Programa A União Faz a Vida é realizado pela nossa
cooperativa em mais 16 escolas parceiras, e nacionalmente é desenvolvido pelo Sicredi em
mais de 2,6 mil escolas de mais de 475 municípios de 12 estados. O programa envolve
mais de 150 mil educadores, impactando positivamente a vida de mais de 3 milhões de
alunos em todo o país em todo o Brasil.

Sobre o Sicredi
O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos
seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do

Sicredi valoriza a participação dos mais de 5 milhões de associados, os quais exercem
papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 25 estados* e no
Distrito Federal, com mais de 2.000 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços
financeiros (www.sicredi.com.br)

Continue Lendo
Publicidade

As mais Lidas