Conecte-se conosco

Regional

Sem dinheiro, Hospital Dr. Paulo Fortes, de São Mateus do Sul fecha as portas e suspende todos os atendimentos

Publicado

em

Hospital Dr. Paulo Fortes, de São Mateus do Sul com as portas fechadas

O dia 7 de fevereiro de 2024 ficará marcado por uma das piores notícias na história da Saúde de São Mateus do Sul. O Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes comunicou a suspensão de atividades após o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Iguaçu (Cisvali) romper contrato. Por conta disso, e sem solução em esfera municipal ou estadual, ficando sem dinheiro para pagar insumos, funcionários, médicos plantonistas e demais necessidades do dia a dia para manter as portas abertas e o atendimento.

O ofício 040/2024, desta quarta-feira (7), informa o Conselho Regional de Medicina (CRM) do Paraná sobre a “suspensão imediata das atividades” do Paulo Fortes. Nem para alimentar os pacientes ou comprar insumos para os médicos atenderem, segundo o documento, o hospital tem dinheiro. Tratativas com gestores municipais e estaduais não evoluíram para encontrar uma solução e evitar fechar as portas.

Uma reunião extraordinária da diretoria foi realizada na noite desta terça-feira (6). Gastos maiores que entrada de dinheiro, desde 2022 e 2023, deixaram a situação financeira com dívidas acumuladas. O urgente reequilíbrio financeiro dos contratos firmados com o Estado e Cisvali seriam a solução, conforme a diretoria. “É com pesar que informamos que, no mesmo dia das deliberações, recebemos o comunicado unilateral de rescisão contratual por parte do Cisvali”, informa a direção.

A decisão unilateral agravou a situação, colocando em risco a continuidade das operações do hospital. Deixando o Paulo Fortes sem condições de pagar desde plantões médicos, como aquisição de insumos, serviços terceirizados e folha de pagamento. Por conta disso, contratos com médicos e terceirizados precisaram ser encerrados. Enquanto os funcionários colocados em aviso prévio.

A medida tem o objetivo principal de evitar, ainda mais, o agravamento das dívidas, possíveis ações judiciais, civis e trabalhistas. Por conta da falta de recursos para cumprir obrigações.

Resposta da Prefeitura – Dentre outras coisas, a garantia é de ninguém ficar desamparado ou sem atendimento. Ao passo que a prefeita de São Mateus do Sul, Fernanda Sardanha, cita o suposto uso de “politicagem barata para mentiras e para colocar medo na nossa população”, num vídeo divulgado logo após a notícia do fechamento das portas do Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes.

Na declaração, junto de parte da sua equipe de Saúde, Sardanha deu a garantia de quem todos serão atendidos. Citando para isso contatos políticos e uma rede montada para suprir a ausência do Hospital. Inclusive, indicando apoio do Hospital e Maternidade Imaculada Conceição de São João do Triunfo para possivelmente encaminhar pacientes de São Mateus do Sul.

A Prefeitura reforça estar com todos os seus pagamentos para o Paulo Fortes em dia. Os atendimentos em nível hospitalar, segundo essas declarações feitas, passam pelo Pronto Atendimento que está de portas abertas e estará dando o encaminhamento necessário. Para isso, acordos com hospitais vizinhos estariam estabelecidos.

“O nosso repúdio a toda politicagem suja, usando um fato tão sério que ao invés de virem colaborar com a solução querem fazer show e nós não vamos permitir isso, porque a saúde do nosso munícipe está acima de tudo”, afirmou a prefeita, esbravejando, no vídeo supostamente gravado após a reunião com a equipe, na noite desta quarta-feira (7).

Também, citando o trabalho administrativo e jurídico para solucionar a situação. A declaração parece ser direcionada à direção do Hospital Dr. Paulo Fortes, diante da afirmação feita da “suspensão imediata das atividades”.

Prefeita de São Mateus do Sul, Fernanda Sardanha, em vídeo resposta a suspensão das atividades do hospital
zaions

Fontes:

Sem dinheiro, Hospital Dr. Paulo Fortes fecha as portas e suspende todos os atendimentos – Portal Cultura Sul

Prefeitura de São Mateus do Sul garante atendimento na Saúde e atribui politicagem barata à decisão do hospital – Portal Cultura Sul

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Regional

Homem morre afogado em cachoeira em Rio Azul

Publicado

em

Jovem de 29 anos perdeu a vida após se afogar em cachoeira na localidade de Marumbi dos Ribeiros em Rio Azul na tarde desse domingo (25).

De acordo com informações do Canal 4, a vítima era morador de União da Vitória, identificado como Wagner Monch.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado e ao chegar no local o homem já estava sem vida.

O Instituto Médico Legal – IML de União da Vitória foi acionado para recolher o corpo.

Continue Lendo

Regional

Jovem morre em grave acidente na BR-277, em Irati

Publicado

em

Na madrugada deste sábado (24), por volta das 4h da madrugada, o Corpo de Bombeiros de Irati deu atendimento a um grave acidente, do tipo colisão frontal auto x caminhão, na BR-277, trevo secundário, em Irati.

A vítima fatal foi identificada como Fernanda Aparecida Santos, de 27 anos, natural de Fernandes Pinheiro.

Solicitante informou que uma colisão teria resultado em uma vítima presa nas ferragens, possivelmente em óbito.

Ao chegar no local foi constatado a colisão e a vítima em óbito presa nas ferragens do veículo.

Já estavam no local a PRF e DER fazendo a sinalização e controle do trânsito. O local ficou aos cuidados das equipes do DER e PRF e o corpo da vítima foi recolhido ao IML de União da Vitória.

Fonte: Folha de Irati

Continue Lendo

Policial

Em Paula Freitas homem é preso após furtar melancias, agredir casal e tentar roubar um carro

Publicado

em

Durante um patrulhamento rotineiro próximo à Delegacia de Polícia Militar de Paula Freitas, por volta das 19h30min de quinta-feira, 22 de fevereiro, um homem pediu ajuda para os policiais, relatando ter sido vítima de uma tentativa de furto e agressão por parte de um indivíduo.

Segundo o boletim de ocorrência, o solicitante, após chegar do trabalho, estava realizando a manutenção de seu veículo quando foi abordado por um homem que exigia que transportasse algumas melancias furtadas até a cidade de União da Vitória, Paraná. Diante da recusa, o indivíduo ficou alterado, proferindo ameaças de morte contra a vítima, chegando a aplicar um mata leão para imobilizá-lo.

O agressor, então, tomou posse da chave do carro da vítima e tentou fugir ligando o veículo. Contudo, o solicitante conseguiu segurá-lo pelo pescoço, impedindo sua fuga. Durante o tumulto, a esposa do homem correu para ajudá-lo, mas acabou sendo agredida com uma pedra nas costas e uma tijolada no braço.

Após a retirada do agressor do local, a vítima procurou ajuda, e foi neste momento que a equipe policial chegou e se deparou com o autor retornando à residência das vítimas, proferindo novas ameaças. Os policiais agiram prontamente, dando voz de abordagem ao agressor, que foi detido.

Durante a revista pessoal, foi constatado que o homem apresentava sinais de embriaguez, embora nada de ilícito tenha sido encontrado em sua posse. Diante dos fatos, o autor foi preso em flagrante e todas as partes envolvidas foram encaminhadas até a 4ª SDP para que as medidas cabíveis fossem tomadas.

Continue Lendo
Publicidade

As mais Lidas