Conecte-se conosco

Policial

Bebê morre após ser esquecido trancado em carro por cerca de cinco horas

Publicado

em

Segundo o delegado responsável pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de Canoinhas (DPCAMI), Vinícius Ferreira, um inquérito foi instaurado para apurar a causa da morte de uma criança de um ano e sete meses em Canoinhas nesta quarta-feira (13).

A mãe da criança, de 35 anos, foi ouvida preliminarmente nesta quarta. Bastante desesperada, ela contou que saiu de casa logo após o almoço levando o filho na cadeirinha no banco traseiro do carro. Para ela, o bebê havia sido deixado no jardim particular no qual ela o deixava todos os dias antes de ir para seu trabalho no Centro de Apoio Psicossocial de Canoinhas (Caps).

Às 17:30 horas ao deixar o trabalho, a mulher foi apanhar a criança na escola. Contudo, foi informada pelas professoras que nesta quarta ela não havia deixado o filho no local. Desesperada, ela acabou encontrando a criança já morta na cadeirinha no banco traseiro do carro. Ela mesma correu para a Unidade Pronto Atendimento (UPA), mas nada mais poderia ser feito porque a criança já estava morta, com sinais de insolação na cabeça.

A Polícia Militar foi chamada e encaminhou a mulher e o pai da criança para a Delegacia. Segundo o delegado, a mãe disse ter sofrido um lapso. “A mãe está em estado e choque e já foi acolhida inicialmente pela psicóloga policial”, conta o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, segundo a mãe, a criança ficou cerca de cinco horas trancada no carro. “Vamos formalizar as diligências para confirmar o que ocorreu e excluir qualquer outra hipótese”, explica se referindo a sequência da investigação. Questionado se há possibilidade de a mãe ser indiciada por homicídio culposo, o que se comete sem a intenção, o delegado diz que “somente no final do inquérito policial posso avaliar isso”.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Homem é detido por tráfico de drogas em União da Vitória

Publicado

em

A equipe da Polícia Militar de União da Vitória realizava patrulhamento no bairro Navegantes, momento que avistou um homem em atitude suspeita por volta das 09:44 horas desta terça-feira (18).

Durante a abordagem, foi realizada uma busca pessoal, na qual foi encontrada uma quantidade de substância análoga à cocaína, acondicionada em um invólucro de cor branca.

Diante da situação, o homem foi detido e, juntamente com a droga apreendida, encaminhado à 4ª Subdivisão Policial (SDP) para os procedimentos legais pelo crime de tráfico de drogas.

Continue Lendo

Policial

PCPR cumpre mandado de prisão preventiva por descumprimento de medida protetiva em Irati

Publicado

em

A Polícia Civil do Paraná (PCPR), através da 41ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Irati, cumpriu mandado de prisão preventiva contra homem de 36 anos pelo crime de descumprimento de medida protetiva de urgência na manhã da terça-feira (18).

Em fevereiro deste ano, a vítima solicitou medida protetiva de urgência em razão de temer o investigado, pois ele não aceitava o término do relacionamento, sendo esta MPU deferida pelo magistrado. No início de junho, a vítima retornou à 41ªDRPC informando que o investigado não estaria cumprindo os termos da medida protetiva, enviando mensagens para ela através de terceiros e ligando diversas vezes para ela e familiares.

A polícia civil representou pela prisão preventiva do investigado que foi determinada pelo judiciário. Ele foi entregue ao departamento penitenciário onde permanece à disposição da justiça.

A PCPR solicita a colaboração da população com informações que auxiliem nas investigações de crimes ligados à violência doméstica e familiar contra a mulher. As denúncias pode ser feitas de forma anônima pelos números 197 e 181.

Continue Lendo

Policial

Moradora de Irati é alvo de tentativa de golpe após informar desaparecimento do pai nas redes sociais

Publicado

em

Moradora recebeu ligação de uma pessoa dizendo que estava com o homem desaparecido e solicitando uma quantia em dinheiro. Mulher percebeu que era uma tentativa de golpe e entrou em contato com a PM.

Uma mulher afirmou que foi alvo de uma tentativa de golpe após postar uma mensagem nas redes sociais, informando que seu pai estava desaparecido. A situação foi registrada na tarde de domingo (16).

A moradora disse que recebeu uma ligação de um número privado afirmando que estava com o homem e solicitando uma quantia em dinheiro para liberá-lo. A mulher percebeu que era uma tentativa de golpe e entrou em contato com a Polícia Militar.

Continue Lendo
Publicidade

As mais Lidas