Conecte-se conosco

Policial

Polícia Militar de Mallet Prende Suspeito com Substância Análoga a Cocaína

Publicado

em

A Polícia Militar de Mallet, prendeu um indivíduo durante patrulhamento de rotina no centro da cidade nesta terça-feira dia 11 de junho.

A abordagem resultou na apreensão de três invólucros contendo substância análoga a cocaína.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais realizavam um patrulhamento preventivo quando avistaram um homem em atitude suspeita. Ao ser abordado, os agentes encontraram três pacotes pequenos em sua posse, os quais continham um pó branco semelhante à cocaína. Imediatamente, foi dada voz de prisão ao suspeito.

O indivíduo, cuja identidade não foi revelada, foi conduzido ao pelotão da Polícia Militar para a confecção do termo circunstanciado.

Este documento é utilizado para registrar a ocorrência e as circunstâncias em que se deu a apreensão da droga, sendo um procedimento padrão em casos de menor potencial ofensivo. Após a finalização do termo, o suspeito será encaminhado ao Poder Judiciário para as devidas providências legais.

A Polícia Militar ressalta a importância de ações como esta para a manutenção da segurança pública e o combate ao tráfico de drogas na região.

A Polícia Militar pede à população que continue colaborando, denunciando atividades suspeitas através do telefone 190, contribuindo assim para a segurança de todos.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

PM cumpriu mandado de prisão em Paula Freitas

Publicado

em

A equipe da Polícia Militar de Paula Freitas prendeu um homem no bairro Maria Anísia por volta das 21:23 horas dessa sexta-feira (19).

Após conhecimento de mandado de prisão em desfavor de um homem a equipe deslocou ao seu endereço com o intuito de verificar se o mesmo se encontrava no local.

O autor saiu até o portão e conversou com a equipe policial, sendo identificado, exposto o mandado de prisão em seu desfavor, sendo que este por espontânea vontade acompanhou os policiais para ser apresentado a unidade prisional.

Continue Lendo

Policial

Casal de General Carneiro perde 20 mil reais ao tentar fazer empréstimo pela internet

Publicado

em

Um senhor compareceu ao Pelotão da Polícia Militar de General Carneiro por volta das 18 horas dessa sexta-feira, 19 de julho, para relatar um golpe de estelionato.

De acordo com o solicitante, sua esposa precisava de um empréstimo, que tentou com vários bancos físicos, porém, sem sucesso. Então, procurou na internet, encontrou um homem que oferecia empréstimo.

O autor, de acordo com a vítima, foi muito prestativo e atencioso. O homem atendeu pedindo a documentação da mulher para realizar o cadastro e fazer a simulação.

Quando o homem enviou o contrato falou que já iria creditar o valor na sua conta, com a demora para acontecer, a vítima entrou em contato novamente com o suposto atendente e ele começou a pedir dinheiro.

O autor passou a dizer que se a vítima não depositasse o valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais), ele iria bloquear todos os documentos do marido.

Diante das informações a equipe policial orientou as vítimas quanto aos procedimentos cabíveis.

Continue Lendo

Policial

PC de Irati prende homem por descumprimento de medidas protetivas

Publicado

em

Na tarde dessa quinta-feira, 18 de julho, um homem de 36 anos, foi detido na localidade de Pinho de Cima, por descumprimento de medidas protetivas com base nas leis Maria da Penha e Henry Borel.

A Polícia Civil e o Conselho Tutelar solicitaram medidas protetivas para afastar o investigado dos filhos do casal. As medidas foram solicitadas em abril.]

De acordo com a Polícia Civil, o homem descumpriu as determinações judiciais e agrediu a vítima. Por isso, foi solicitada a prisão preventiva do investigado como forma de resguardar a integridade física e psicológica da ex-mulher.

A Lei Henry Borel estabelece medidas protetivas específicas para crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica e familiar e considera crime hediondo o assassinato de menores de 14 anos.

No Congresso Nacional, o texto foi batizado de Lei Henry Borel, em referência ao menino de 4 anos morto em 2021 por hemorragia interna após espancamentos no apartamento em que morava com a mãe e o padrasto, no Rio de Janeiro.

Continue Lendo
Publicidade

As mais Lidas