Conecte-se conosco

Geral

Boletim da Saúde registra 25.028 novos casos de dengue e mais 46 óbitos no Paraná

Publicado

em

O boletim semanal da dengue publicado nesta terça-feira (18) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirma 25.028 novos casos da doença e mais 46 mortes no Paraná. De acordo com o documento, o atual período epidemiológico, que teve início em julho de 2023, soma agora 460 óbitos, 505.893 diagnósticos confirmados e 860.550 notificações.

As mortes registradas no informe desta semana ocorreram entre 1º de março e 3 de junho. São 18 homens e 28 mulheres, com idades entre 3 meses e 92 anos, residentes em 27 municípios: Paranaguá (1), Curitiba (3), Ponta Grossa (3), Chopinzinho (1), Ampére (3), Boa Esperança do Iguaçu (1), Dois Vizinhos (1), Enéas Marques (1), Francisco Beltrão (5), Realeza (3), São Jorge D’Oeste (1), Foz do Iguaçu (1), Jesuítas (1), Nova Aurora (2), Quedas do Iguaçu (1), Boa Esperança (1), Cianorte (1) Santa Isabel do Ivaí (1), Maringá (1), Apucarana (2), Borrazópolis (2), Califórnia (1), Londrina (2), Pitangueiras (1), Sertanópolis (1), Assis Chateaubriand (1) e Toledo (4). Desse total, 30 pessoas apresentavam comorbidades.

A Regional com mais casos confirmados é a 10ª RS de Cascavel (59.952). Na sequência estão a 17ª RS de Londrina (59.711), 8ª RS de Francisco Beltrão (59.680), 16ª RS de Apucarana (38.614), 15ª RS de Maringá (37.928) e 11ª RS de Campo Mourão (32.711).

As cidades com maior número de diagnósticos positivos são Londrina (34.719), Cascavel (29.082), Maringá (21.810) e Apucarana (18.464). Há 398 municípios com confirmações de dengue – apenas Agudos do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, não tem casos confirmados.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

MALLETENSE PARTICIPARÁ DAS OLIMPÍADAS DE PARIS

Publicado

em

O malletense Matheus Velho que atualmente mora em União da Vitória participará da Maratona Para Todos (Marathon Pour Tous), prova organizada pelo Comitê Olímpico, que contará com a participação de 20.024 maratonistas amadores.

A matéria exibida no Portal VVale destaca que atletas farão o mesmo percurso da prova olímpica, no dia 10 de agosto, data da Maratona Masculina.

A participação de maratonistas amadores, que é algo corriqueiro em outras provas, como por exemplo a tradicional Corrida de São Silvestre, acontecerá pela primeira vez em uma edição de Jogos Olímpicos.

A intenção é permitir que o público possa vivenciar as Olimpíadas de Paris de perto.

Trajeto da Maratona.

O processo para que Matheus conseguisse participar da Maratona Para Todos, contudo, não foi simples. Com interesse de atletas do mundo inteiro, o número de vagas disponíveis era inferior à demanda. Dessa forma, os maratonistas foram escolhidos por meio de sorteio.
Para ter uma chance de ser sorteado, Matheus realizou uma série de desafios propostos no aplicativo oficial da prova durante o ano de 2023, totalizando cerca de 4.000 km percorridos.

“De qualquer forma eu estava correndo, e aproveitei unir o útil ao agradável, já que eu estava treinando e fazendo longas distâncias. Eu acreditei que talvez, por um por um golpe de sorte, eu conseguisse uma vaga. Confesso que eu não tinha aquela esperança absoluta de que daria certo. Como eram disponibilizadas poucas vagas e havia muita gente cumprindo os desafios, você acaba ficando naquele ceticismo. Mas cumpri mais de 50 desafios ao longo do ano”, relatou Matheus a reportagem.

A notícia de que Matheus havia sido sorteado veio em 24 de janeiro deste ano. De início, o atleta desconfiou, pensando que o email informando que sua vaga estava garantida fosse um golpe. “Para mim era uma coisa meio surreal, meio inacreditável”, comenta. Para ter certeza da informação, começou a mandar mensagens em grupos de corredores dos quais faz parte. Foi então que conheceu um corredor de Curitiba, que também foi sorteado, e que estava organizando um grupo com brasileiros que participarão da Maratona Para Todos. “Aí eu comecei a acreditar de verdade, a conseguir informações, como é que funcionava, se realmente estava tudo certo. Aí acreditei que deu certo e comecei a me organizar”.
A inscrição na prova é gratuita, mas Matheus precisará arcar com todas as outras despesas, como alimentação, transporte e hospedagem.

A viagem está agendada para o dia 06 de agosto e marcará a realização de um sonho do atleta. “Eu descobri lá no no finzinho de 2022, ouvindo um podcast, que em 2024 seria a primeira vez que a maratona dos Jogos Olímpicos estaria aberta para atletas amadores. Quando eu vi a notícia, já coloquei nos meus objetivos de vida que um dia eu ia fazer [a maratona]. Não sabia se iria agora em 2024 ou se seria em 2028, 2032, ou qualquer outra Olimpíadas, mas coloquei como uma meta que eu faria o que fosse possível [para participar]”.

A preparação para a Maratona é intensa. Todos os dias, Matheus corre entre 5 km e 6 km, no que considera treinos regenerativos. Intercala com distâncias um pouco maiores, por volta de 18 km. Aos finais de semana, realiza percursos de cerca de 32 km, totalizando entre 70 km e 90 km semanais. “É pesado fisicamente, mas mentalmente me faz muito bem. É muito bom. Esses treinos longos são bons para você pensar na vida”.
Chegando em Paris, os planos de Matheus são claros: poupar-se ao máximo para a prova. “Até pensei em aproveitar a viagem para ir ao estádio ver alguma prova de atletismo ou algum esporte do tipo, mas o meu principal objetivo com essa viagem para Paris é fazer a maratona. Então, eu quero evitar de caminhar muito, de ficar batendo perna à toa antes da prova. Não vou comparecer antes disso a nenhum evento. Vou caminhar o menos possível para poder guardar as pernas para o grande objetivo, que é correr os 42 km da prova. Pretendo ver a Maratona masculina e feminina. Poder ver os atletas de elite ali de perto, porque a gente só vê pela televisão. E só de eles passarem, embora eles passem muito rápido, já é um um sonho realizado. E também a cerimônia de encerramento, no domingo, se der tudo certo estarei presente também”.

Fonte: Portal VVale

Continue Lendo

Regional

Acidente de ultrapassagem proibida resulta em colisão frontal na BR 153 em Imbituva

Publicado

em

Um acidente do tipo colisão frontal foi registrado no km 3 da BR 153, município de Imbituva, envolvendo um Fiat/Prêmio de Imbituva e um caminhão Mercedes Benz emplacado em Telêmaco Borba na manhã desta sexta-feira (19).

De acordo com levantamentos no local do acidente, o condutor do Fiat realizava uma ultrapassagem em local proibido e sob forte neblina quando colidiu no caminhão que deslocava sentido Imbituva.

O condutor do Fiat fugiu. Veículo foi removido ao pátio da PRF em Ponta Grossa.

O condutor do Mercedes permaneceu no local e realizou o teste de etilômetro com resultado negativo para a ingestão de álcool.

Continue Lendo

Regional

Vítima fatal de grave acidente em São Mateus do Sul é identificada

Publicado

em

Foi identificada como Juliana Lima, de 39 anos, a vítima fatal de um grave acidente de trânsito na madrugada desta sexta-feira, 19 de julho, na PR-151, região da Divisa em São Mateus do Sul.

Ela estava em um veículo Strada Working Cd, com placas de São Mateus do Sul, quando o veículo saiu da pista de rolamento. Corpo de Bombeiros, Samu e Polícia Rodoviária Estadual foram acionados, bem como o Instituto Médico Legal (IML), de União da Vitória.

Juliana era esposa de Valmor Nizer e deixa um filho de 19 anos. Eles eram moradores da Água Suja, interior de São Mateus do Sul.

Continue Lendo
Publicidade

As mais Lidas